Irmã Apolline Andriveau. O escapulário da Paixão.

A Paixão de Cristo é uma das fontes mais benéficas que proporciona e facilita a união mais íntima com o nosso Senhor e traça um caminho seguro para a santidade, como nos lembra a Sagrada Escritura: “Sede santos, porque eu sou santo” (Lv 11,44). Assim, a meditação da Paixão de Jesus tem sido um tema favorito de São Vicente de Paulo e de muitos outros santos ao longo da história da Igreja. Hoje, como Filhas da Caridade, somos chamadas a levar a Paixão de Jesus ao diálogo com as provações dos homens e mulheres do nosso tempo, nas periferias das nossas cidades e nos recantos esquecidos do mundo. Que o amor de Cristo crucificado nos impulsione a ir além da lei de “amar o nosso próximo como a nós mesmos”, a seguir a lei última de Jesus: “Não há maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos”.

Outros artigos

Transmissão da Fé

“Se desejardes fazer sérias mudanças, tal como ele se apresenta hoje, elas devem ser feitas através dos jovens… Temos a obrigação de transmitir-lhes a nossa

Veja o video…