Irmã Apolline Andriveau. O escapulário da Paixão.

A Paixão de Cristo é uma das fontes mais benéficas que proporciona e facilita a união mais íntima com o nosso Senhor e traça um caminho seguro para a santidade, como nos lembra a Sagrada Escritura: “Sede santos, porque eu sou santo” (Lv 11,44). Assim, a meditação da Paixão de Jesus tem sido um tema favorito de São Vicente de Paulo e de muitos outros santos ao longo da história da Igreja. Hoje, como Filhas da Caridade, somos chamadas a levar a Paixão de Jesus ao diálogo com as provações dos homens e mulheres do nosso tempo, nas periferias das nossas cidades e nos recantos esquecidos do mundo. Que o amor de Cristo crucificado nos impulsione a ir além da lei de “amar o nosso próximo como a nós mesmos”, a seguir a lei última de Jesus: “Não há maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos”.

Outros artigos

Vida Consagrada

Deus é sempre novidade, que nos impele a partir sem cessar e a mover-nos para ir Mais além do conhecido, rumo ás periferias e aos

Veja o video…

Oração pela paz

Não podemos mais pensar apenas em preservar o espaço de nossos interesses pessoais ou nacionais, mas devemos pensar em nós mesmos à luz do bem

Veja o video…

Maria visita nos!

Neste ano em que celebramos a luz de Pentecostes, a celebração das aparições da Virgem Maria a Santa Catarina e o aniversário da fundação da

Veja o video…