Jesus Cristo

A salvaguarda da nossa casa comum tornou-se urgente mas continua  controverso

2015 – LAUDATO SI’

Ele é a imagem do  Deus invisível, Primogénito de toda a criatura , pois nele tudo foi criado, nos céus e na terra, tanto os seres visíveis e invisíveis, Tronos e Soberanos, Autoridades e Poderes. Tudo foi criado por Ele.”

Colosenses 1, 15-16

“Fala-se de “Laudato Si” como uma encíclica “verde”, mas eu diria que, antes de tudo, trata-se de uma encíclica social. Uma opção real para os pobres é também uma opção para a criação. Somos chamados a estar mais conscientes de que a defesa da criação é, em suma, tomar consciência de que todas as coisas serão renovadas. Esta é a promessa das Escrituras, no livro do Apocalipse, quando o Senhor nos diz: “Eu faço novas todas as coisas”.

Papa Francisco: A Força de uma Vocação, 2018. Extrato do Documento da Assembleia Provincial

Universo desenvolve-se em Deus, que o preenche completamente. E, portanto, há um mistério a contemplar numa folha, numa vereda, no orvalho, no rosto do pobre. O ideal não é só passar da exterioridade à interioridade para descobrir a acção de Deus na alma, mas também chegar a encontrá-Lo em todas as coisas.

Laudato Si’, § 233

Oração

Filho de Deus, Jesus, através de ti todas as coisas foram feitas. Fostes formado no ventre de Maria, nossa Mãe, tornastes-vos parte desta Terra e olhastes para este mundo com olhos humanos. Ajudai-nos a ver as maravilhas da criação através dos Teus olhos e a fazer florescer tudo o que está vivo, à imitação de Ti.

Ámen.

(Adaptado de Uma Oração Cristã em União com a Criação baseada na Oração do Papa Francisco por Nossa Terra; Pacto Climático Católico)

A Terra é de facto um dom precioso do Criador que, ao conceber a sua ordem intrínseca, nos deu orientações que nos ajudam como administradores da sua criação. É precisamente dentro deste quadro que a Igreja considera que as questões relativas ao ambiente e à sua proteção estão intimamente ligadas ao desenvolvimento humano integral. (…) Como é importante, então, que a comunidade internacional e cada governo individual enviem os sinais certos aos seus cidadãos e consigam contrariar as formas prejudiciais de lidar com o ambiente

Declaração do Papa Bento XVI à Cimeira das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas, 2009

Outros artigos